Skip links

Patologia Oral

— O QUE É?

A Patologia Oral é a área da Medicina Dentária responsável pelo diagnóstico e tratamento das lesões da cavidade oral, as quais podem atingir os tecidos duros (estruturas ósseas maxilares e dentes) e moles (gengiva, mucosa, língua, lábios) da cavidade oral, assim como as estruturas anexas (como, por exemplo, as glândulas salivares).

Algumas destas patologias podem estar relacionadas com medicamentos, alterações salivares, infeções virais como o Herpes ou o HPV, infeções fúngicas, como a candidíase, ou, ainda, problemas orais decorrentes de doenças sistémicas.

— COMO FAZER UM AUTO-EXAME ORAL

Há algumas medidas que pode adotar para tentar detetar se sofre de alguma patologia oral. Eis o passo a passo a seguir:

─ Observe o aspeto dos lábios superior e inferior, as zonas exterior e interior, nomeadamente as gengivas;

─ Veja o interior das bochechas, garganta e palato;

─ Palpe o rosto e o pescoço, de modo a despistar a existência ou não de nódulos;

─ Verifique a língua, por cima, nos lados e por baixo, aproveitando para analisar o pavimento da boca;

─ Consulte regularmente um médico dentista ou estomatologista.

Quais as características de algumas das patologias orais mais prevalentes?

Existem várias patologias orais, cada uma das quais com caraterísticas próprias. Eis alguns exemplos.

patologia oral

A halitose, vulgarmente conhecida como mau hálito, é cada vez mais motivo de consulta no dentista, que trabalha no seu diagnóstico, tratamento e prevenção.

Na origem deste problema, estão geralmente os alimentos que, assim, podem provocar mau hálito quer por via oral, quer por via sistémica.

patologia oral

O ardor bucal pode afetar não só a boca, como particularmente a língua, provocando dor. Esta sensação de queimadura pode ser multifatorial e deve ser avaliada por um especialista.

Este tipo de problema costuma ser mais frequente em mulheres a partir da meia idade.

patologia oral

A gengivite constitui uma primeira manifestação da doença periodontal, a qual ainda se encontra numa fase recuperável, desde que recorrendo a uma correta higienização e à profilaxia por parte de um médico dentista. Os principais sintomas deste problema são: gengiva avermelhada, grossa e com sangramento.

Fala-se em periodontite quando a gengivite já está numa fase mais avançada e já afeta o ligamento periodontal e o osso alveolar. Ao contrário do que acontece com a gengivite, nesta fase, o efeito do tratamento demora mais a fazer-se sentir e há um maior risco de perda de dentes.

patologia oral

Ao contrário do que se possa pensar, ter a boca seca pode ser sinal de alguma patologia oral, pois é indicativo que há uma produção insuficiente de saliva, o que pode estar relacionado com diferentes fatores, a saber: tabagismo, stress, ansiedade,…

patologia oral

Ter uma bolha no lábio, na bochecha ou no pavimento da língua pode não ser uma situação rara, mas ainda assim carece de atenção por parte do paciente. 

Muitas vezes, na origem destas bolhas está a rutura de um ou de vários ductos salivares. A causa desta rutura pode ser um trauma, como por exemplo as auto-mordeduras repetitivas, uma obstrução da glândula salivar.

patologia oral

Leucoplasia é a designação dada a placas brancas não raspáveis, normalmente assintomáticas, que surgem na boca.

Estas placas devem ser analisadas histopatologicamente, de modo a excluir outras patologias orais com caraterísticas semelhantes, assim como detetar ou não a malignidade das mesmas.

AGENDE A SUA CONSULTA ONLINE

Contacte-nos

Respondemos no prazo máximo de 24h úteis.

    Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência.
    Explore
    Drag