Skip links

Higiene
Oral

— O QUE É?

Entende-se por boa higiene oral os hábitos que permitem ter uma boca com um odor agradável e uma aparência saudável. Assim, é expectável que os dentes sejam limpos e fiquem sem restos alimentares e as gengivas tenham um tom rosa pálido e não doam nem sangrem.

O dentista podem ensinar quais as técnicas de higiene oral adequadas, nomeadamente quais as zonas da boca a ter em maior atenção, durante a escovagem e/ou o uso do fio dentário.

Quais as vantagens de fazer uma boa higiene oral diária?

Ter uma boa higiene oral é essencial para manter os dentes e as gengivas saudáveis, prevenindo algumas doenças orais. Além disso, também facilita a mastigação dos alimentos, melhora a dicção e promove um sorriso esteticamente agradável.

Ter mau hálito é sinónimo de uma má higiene oral?

Não. O mau hálito ou halitose é um problema que pode não ter origem numa má higiene oral. Para ser solucionado, é fundamental consultar um médico que seja capaz de detetar a causa deste sintoma e, assim, solucionar o problema.

Com que frequência se deve ir ao dentista?

Para garantir uma boa higiene e saúde orais, é recomendável ir uma vez por ano ao dentista, desde que nasce o primeiro dente. Isto, de modo a evitar o aparecimento de doenças nos dentes ou gengivas. 

Quais são as principais funções dos dentes?

  • Rir;
  • Mastigar;
  • Falar;
  • Beijar;
  • Entre outras.

Quais os cuidados alimentares a adotar para uma boa higiene e saúde orais?

Uma dieta simples, variada e equilibrada contribui para uma boa higiene e saúde orais. Assim, é recomendável evitar comer doces, sobretudo fora das horas das refeições. Além disso, deve evitar-se o consumo de tabaco e de álcool.

Quando e durante quanto tempo se deve escovar os dentes?

Os dentes e as gengivas devem ser escovados, pelo menos, duas vezes por dia, durante cerca de dois minutos. Após a escovagem, deve estar-se duas horas sem comer.

Quais as técnicas de branqueamento dentário existentes e como se caraterizam?

Há duas técnicas principais de branqueamento dentário sendo que, em certos casos, pode proceder-se a um branqueamento combinado, onde são utilizadas ambas as técnicas (em ambulatório e no consultório).

Quando se deve trocar de escova dos dentes?

Por norma, recomenda-se a troca de escova dos dentes de 3 em 3 meses. Esta deve ser flexível e durável e deve secar e lavar rapidamente.

Com que itens devemos higienizar os dentes?

Para uma boa higienização dentária, importa usar pasta fluoretada (idealmente, com uma composição de 1500 ppm de flúor) e uma escova dos dentes (que pode ou não ser elétrica). Além disso, aconselha-se o recurso a fio ou fita dentária e escovilhão para, assim, conseguir uma melhor limpeza entre os dentes.

Como proceder a uma boa higienização oral?

Para lavar bem os dentes (dois de cada vez), comece por fazer movimentos circulares em torno dos dentes, não esquecendo a sua face externa, as zonas de mastigação e a face interna dos dentes.

Deve tentar que a escova esteja num ângulo de 45º em relação à gengiva e faça 10 movimentos horizontais na superfície dentária.

No final, não deve esquecer de escovar a língua, da base à ponta, de modo a remover as bactérias e a refrescar o hálito.

Como usar o fio dentário na higienização oral?

Comece por pegar em cerca de 40cm de fio dentário e enrole no dedo médio a maior parte dele. O restante enrole no seu outro dedo médio. Depois, com a ajuda dos polegares, retire com o fio os restos de alimentos presentes nos dentes de cima. Posteriormente, com a ajuda dos dedos indicadores remova a sujidade presente nos dentes inferiores. 

Perguntas Frequentes

Durante a gravidez, ocorrem alterações hormonais que afetam as gengivas, aumentando o risco destas inflamarem e originarem casos de gengivite ou mesmo de periodontite. Tal favorece o parto prematuro e o nascimento de bebés com baixo peso.

A somar a isto, o risco de a mãe infetar o bebé com os microrganismos provenientes de infeções da boca é significo. Logo, nesta fase em particular, é essencial que os cuidados de higiene oral da gestante sejam redobrados, assim como haja um reforço das idas ao dentista.

Além dos cuidados de higiene oral diários que o paciente deve ter em casa, importa que ele faça consultas regulares, onde seja avaliado o estado de saúde dos tecidos de suporte dos implantes dentários (gengiva e osso).

Além disso, nesta consulta, deve ser realizada a higienização dos dentes implanto-suportados e implantes dentários, recorrendo a técnicas próprias, assim como dadas recomendações acerca de cuidados de higiene específicos que o doente possa pôr em prática no seu dia a dia.

Durante a realização de tratamentos dentários é fundamental a adoção de cuidados de higiene oral, de modo a prevenir complicações como cáries dentárias ou doenças da gengiva. Só assim é possível garantir que o tratamento é bem sucedido. 

Para tal, as consultas regulares no dentista também são importantes, de modo a supervisionar o estado da saúde oral e a indicação de técnicas de higiene oral adequadas.

A escovagem dos dentes deve iniciar-se logo a partir da erupção do primeiro dente. Enquanto bebés, deve usar-se uma gaze, dedeira ou escova macia para proceder à lavagem dos dentes e das gengivas das crianças.

Neste caso, a pasta dentífrica a usar deve conter flúor na sua composição (1 000 a 1 500 ppm) e a quantidade a colocar na escova deve ser equivalente ao tamanho da unha do dedo mínimo do bebé ou da criança. 

A partir dos 6 anos de idade, a porção de pasta dentífrica a usar deve ser de cerca de 1 cm, o equivalente ao tamanho de uma ervilha.

Não fazer uma boa higiene oral pode contribuir para uma má saúde oral e para problemas de saúde no geral. Assim, ter uma boca saudável melhora a qualidade de vida e prolonga a esperança média da mesma.

Como é costume dizer-se, “prevenir é melhor do que remediar”. Por isso, apostar numa boa higiene oral é um meio eficaz de evitar doenças e outras complicações.

Equipa de Higiene Oral

— Conheça a Equipa

Dra. Vanessa Pereira

Higiene Oral

Dr. André Gonçalves

Higiene Oral
AGENDE A SUA CONSULTA ONLINE

Contacte-nos

Respondemos no prazo máximo de 24h úteis.

    Explore
    Drag